Palestra de conscientização sobre álcool e drogas para jovens do Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE RIO


 

Centro de Integração Empresa-Escola - CIEE RIO

O consumo de drogas lícitas e ilícitas é um dos maiores desafios da sociedade contemporânea. O Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime (UNODC) calcula que aproximadamente 200 milhões de pessoas usam drogas ilícitas em todo o mundo, o que representa 5% da população mundial acima de 15 anos. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o consumo de tabaco e álcool é estimado, respectivamente, em 30% e 50% da população nessa faixa etária. São números que dão uma boa dimensão do problema.

Os custos sociais, políticos, econômicos e de saúde associados às drogas afetam a vida de todos nós. A epidemia de Aids, mortes prematuras e a violência do narcotráfico são apenas alguns desses efeitos. E apesar das diferentes abordagens do problema, todos concordam que as respostas passam necessariamente pela mobilização da opinião pública. Neste sentido, as campanhas de conscientização têm o papel fundamental de alertar a população sobre o problema das drogas, divulgar informações precisas para diferentes públicos e evitar a banalização do uso de substâncias como maconha e ecstasy. Elas precisam ser estrategicamente planejadas e criadas a partir de pesquisas que identifiquem mensagens necessárias para cada público.

Comentários estão fechados.