Arquivos para maio de 2015

Maio Amarelo ganha as ruas de Teresópolis pela paz no trânsito

À frente da caminhada, a faixa do movimento ajudava a identificar o evento. Além dos participantes com as camisetas do “Maio Amarelo”, muitas pessoas aderiram ao movimento durante a caminhada

– Campanha promove grande caminhada no bairro do Alto com participação de sociedade e importantes entidades do município

O Movimento Maio Amarelo organizou neste domingo uma grande caminhada para chamar a atenção dos teresopolitanos para os muitos projetos em torno da conscientização que são promovidos pelos seus organizadores. Com a presença de políticos, como o Deputado Federal Hugo Leal e o Vice-prefeito Márcio Catão, além de representantes de entidades de apoio às vítimas do trânsito e instituições importantes de nosso município, a caminhada aconteceu no bairro do Alto e tinha o objetivo de chamar atenção da população sobre os riscos do trânsito, que mata mais de 60 mil pessoas por ano no Brasil e deixa marcas profundas na nossa sociedade.

O mascote do Clubinho Salva Vidas animou o pessoal e aproveitou para guiar as pessoas na caminhada. Até uma dupla de cachorrinhos foi conduzida pelo mascote, sucesso entre a criançada

Com todo o mês dedicado ao tema do trânsito, a organização desenvolveu uma série de atividades, inclusive enfatizando nas empresas e entidades a importância de se aderir à proposta, e às escolas, que receberam especialistas para levar conhecimento aos alunos através de palestras e dinâmicas. O tema Maio Amarelo foi instituído pela ONU em 2011. Presente ao evento, o deputado federal Hugo Leal, presidente da Frente Parlamentar pela Segurança no Trânsito, falou de como foi importante abraçar a ideia e colocar parte de seu staff para articular apoio e parcerias de empresas.

Em Teresópolis a bandeira pela segurança no trânsito foi aderida por entidades como Unifeso, Hospital São José, Viação Dedo de Deus, Arbor Brasil, Parque Nacional da Serra dos Órgãos e Igreja de Santo Antônio. As mídias do grupo DIÁRIO – jornal impresso, TV, site e redes sociais – também aderiram à campanha. As equipes de reportagem saem às ruas utilizando o ‘pin’ com laço amarelo da campanha e a redação recebe uma iluminação especial na cor da campanha durante a gravação do jornal ‘Diário Direto da Redação’.

Os escoteiros também foram presença marcante na caminhada e foram na frente dos participantes entoando cânticos referentes ao trânsito e a segurança. A animação dos escoteiros ajudou muito no evento

Um dos pontos fortes da agenda de eventos aconteceu neste domingo, quando a caminhada de conscientização mobilizou a população e as entidades envolvidas no evento. O ponto de encontro e de concentração foi o pátio do Posto Pit Stop, próximo à antiga delegacia. De lá o povo seguiu em direção à Praça da Feirinha de Teresópolis. Durante a caminhada, foram dados depoimentos e testemunhos de pessoas que foram vítimas do trânsito, como o policial militar Paulo Andrade, que perdeu uma perna quando sua moto foi atingida por um carro de passeio. Também familiares da ex-nadadora Sarah Correa, que morreu recentemente vítima de um acidente no Rio de Janeiro e representantes de entidades sociais importantes como Fernando Diniz, da ONG Trânsito Amigo.

A caminhada e o evento na Feirinha contaram também com a participação de forças de segurança pública, como a PM e a Polícia Rodoviária Federal. Uma equipe Corpo de Bombeiros fez uma grande demonstração de procedimentos em socorro e também uma pequena palestra sobre como agir em caso de acidentes graves. Os bombeiros mirins da instituição também marcaram presença, assim como o grupo de escoteiros que puxou a caminhada.

 Já na Praça do Alto os caminhantes percorreram toda a extensão do espaço mais visitado de nossa cidade nos fins de semana e entoaram a canção da marcha. Depois da ação eles se concentraram em uma das quadras da Praça

O trabalho de campo na cidade é feito pelo Clubinho Salva Vidas. O projeto, idealizado por Eliandro Canto, já atua regularmente na conscientização, através de jogos virtuais e de palestras nas escolas. O trabalho da equipe foi reforçado durante o mês. “A adesão nos surpreende de forma muito agradável, muitas empresas entenderem a proposta e estão ao nosso lado. Atuamos especialmente nas escolas, com passeios de trenzinho e colocações sobre o tema. Trabalhamos também com músicas do nosso clubinho focadas na educação, cidadania e meio ambiente, questões que precisam ser lembradas todos os dias”, destaca.

Segundo Canto, o trabalho de conscientização deve ser feito diariamente, já que o trânsito é um assunto que envolve todos, pedestres e motoristas, numa relação interminável. “Todos nós fazemos parte do trânsito, tendo carro ou não. Quando você sai de casa, passa a fazer parte dessa situação caótica que mata milhares de pessoas todos os dias”, aponta.

Segundo a ONU, por ano, morrem 1,3 milhão de pessoas no mundo vítimas do trânsito. No Brasil são 60 mil mortes anuais. Segundo dados do seguro DPVAT, foram mais de 430 mil pessoas mutiladas no ano passado. A ONG Criança Segura divulga que 12 crianças morrem por dia no Brasil e 120 mil são hospitalizadas por causa desses acidentes.  De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, a Gripe H1N1 levaria 430 anos para matar o que o trânsito mata em um ano.

 

Anderson Duarte é formado em Comunicação Social com mestrado na área de Tecnologia e Informação e especialização em Telecinejornalismo, atua na imprensa desde a década de 90, ainda no Rádio. Passou por veículos como Jornais, Mídias Governamentais e Televisão, também atuou na área da Assessoria Política, editoria que hoje se dedica enquanto articulista. Âncora do telejornal Jornal Diário, comanda desde a sua formação em 2008, o jornalismo da emissora Diário TV, fruto do tradicional O DIÁRIO de Teresópolis, onde também coordena juntamente com Marcello Medeiros o departamento jornalístico.

– See more at: http://netdiario.com.br/maio-amarelo-ganha-as-ruas-pela-conscientizacao-e-paz-no-transito/#sthash.vfAQeCkE.dpuf

Sem comentários

Volvo Zero Acidentes (2015)

O conceito “Zero Acidentes” é uma visão de futuro ideal, em que nenhum veículo produzido pelo Grupo Volvo se envolva em acidentes. Para isso, além de novas tecnologias de segurança, é necessário um esforço conjunto envolvendo transportadores, motoristas, operadores, autoridades e todos os envolvidos com transportes comerciais.

Sem comentários

Movimento Maio Amarelo

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Acompanhando outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “MAIO AMARELO” estimula você a promover atividades voltadas a conscientização, ao amplo debate das responsabilidades e avaliação de riscos sobre o comportamento de cada cidadão, dentro de seus deslocamentos diários no trânsito.

#MaioAmarelo #AtençãoPelaVida

Para saber mais, acesse: www.maioamarelo.com

Sem comentários

Ande Ciclista – Música – Clubinho Salva Vidas

Cadastre-se gratuitamente em nosso portal de jogos educativos clicando aqui: http://www.clubinhosalvavidas.com.br/

Obra: Clubinho Salva Vidas
Letra: Irene Rios
Cantor: Mauricio Maia
Autor: Desconhecido
Estilo: Cantiga de roda
Arranjos e Melodias: Mauricio Maia e Mac Gregor
Backing vocal: Jana Botelho
Animação: Interama

LETRA:
Ande ciclista,
Atento e devagar,
É pela ciclovia
Que deves pedalar.

Pedalar é um exercício
E um ótimo lazer,
Um meio econômico
De se locomover.

Ande ciclista,
Com determinação,
Sempre respeitando
A sinalização.

Os pneus sempre cheinhos,
Espelho retrovisor.
Equipe a bicicleta,
Não seja um infrator.

Sem comentários

Cadeirinha para Crianças – Música – Clubinho Salva Vidas

Você sabia que em media, morrem cerca de 1000 crianças no Brasil, por ano, vitimas de acidente de trânsito? Grande parte dessa tragédia foi provocada pela falta de uso da cadeirinha ou cinto de segurança pela criança no veículo.

Quanto vale a vida de uma criança?

Cadastre-se gratuitamente em nosso portal de jogos educativos clicando aqui: http://www.clubinhosalvavidas.com.br/
Obra: Clubinho Salva Vidas
Letra: Irene Rios
Cantor: Mauricio Maia
Autor: Desconhecido
Estilo: Cantiga de roda
Arranjos e Melodias: Mauricio Maia e Mac Gregor
Backing vocal: Jana Botelho
Animação: Interama

LETRA:
Hoje fui andar de carro, rro,
Na cadeirinha, nha
Banco de trás, trás, trás
Eu sentei, tei, tei
Sou criança, ça
Pequenina, protegida pela lei.
Legal!

Sem comentários

Vamos adotar um animalzinho – Música – Clubinho Salva Vidas

O respeito e a proteção aos animais são princípios que devem ser transmitidos às crianças, desde muito jovens, e que devem começar em casa.
O objetivo desse vídeo é despertar nas crianças um sentimento de respeito a natureza, auxiliando na formação de sua personalidade e colaborando para a sedimentação de posturas adequadas em relação ao meio ambiente.

Cadastre-se gratuitamente em nosso portal de jogos educativos clicando aqui:http://www.clubinhosalvavidas.com.br/

Curta nossa Fan page: https://www.facebook.com/clubinhosalv…

Música: Clubinho Salva Vidas
Cantor: Mauricio Maia
Arranjos e Melodias: Mauricio Maia e Mac Gregor
Backing vocal: Jana Botelho
Animação: Interama

LETRA:
Vamos salvar nossos bichinhos, coitadinhos
O cachorro, o gatinho e o passarinho
A natureza agradece e se encanta
Animais nos dão esperança

O jacaré tem um bocão , e que bocão!
E a girafa um pescoção, um pescoção
O elefante tem a tromba muito grande
O tatu bola se enrola

Macaco pula sem parar até cansar
E o leão quer descansar de comandar
A perereca salta longe
Preguiça é lenta e devagar

A Maíra ensinou uma lição
É importante a adotar um animal
Que não tem casa nem comida pra comer
Vive carente de atenção

Sem comentários

Apenas 7% dos passageiros usam o cinto de segurança no banco traseiro

cinto-de-seguranca_traseiro_web

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em casos de colisão, o impacto pode matar quem ocupa o banco da frente

Falta de hábito, acesso complicado, desconforto ou falsa impressão de que o banco da frente protege quem está atrás. Essas são algumas das desculpas dadas por aqueles que insistem em não usar o cinto de segurança quando ocupam o assento traseiro de um veículo.

Uma reportagem publicada na edição mais recente da revista CNT Transporte Atual mostra que apenas 7% dos passageiros usam o cinto no banco de trás, segundo a Abramet (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego). Não usar o equipamento, além de perigoso, é infração grave e o motorista pode receber multa de R$ 127,69.

Segundo orientações do Cesvi Brasil (Centro de Experimentação e Segurança Viária), se uma pessoa de 50 quilos bater o carro a uma velocidade de 50 quilômetros por hora e não estiver usando o cinto de segurança, o impacto da colisão é multiplicado por 25. Ou seja, o peso do passageiro chega a 1,25 toneladas.

“O efeito é reverso. O banco da frente não protege. A pessoa que é lançada pode matar o passageiro da frente”, explicou o chefe do departamento de Medicina do Tráfego Ocupacional da Abramet, Dirceu Rodrigues.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) não possui dados em relação ao número de acidentes ocasionados apenas pelo não uso do cinto de segurança no banco traseiro. Mas tem números interessantes.

Fonte: http://portaldotransito.com.br/noticias/acontecendo-no-transito/apenas-7-dos-passageiros-usam-o-cinto-de-seguranca-no-banco-traseiro

Sem comentários

Brasil desenvolverá projeto de reciclagem de veículos em parceria com o Japão

reciclagem-carro-blog-da-engenharia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O CEFET-MG, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, assinou um acordo com a Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA), em Kanazawa, no Japão, que prevê a instalação de um projeto piloto para reciclagem e sustentabilidade da indústria automobilística no Campus II, localizado em Belo Horizonte.

Tudo começou quando, em 2010, o professor da instituição Daniel Enrique Castro participou de um curso no Japão sobre reciclagem de veículos. Em 2012, lançou um livro sobre o assunto e começou a negociar com a JICA.  Com a assinatura do termo no princípio de outubro deste ano, ficou firmado que o CEFET-MG cederá o espaço físico, professores e técnicos para atuar no Centro de Desenvolvimento e Disseminação de Tecnologias em Reciclagem Veicular e contará com apoio financeiro de aproximadamente um milhão de dólares da JICA para o desenvolvimento do projeto e criação do Centro Internacional de Treinamento. A empresa Kaiho Sangyo Co., líder em reciclagem de veículos no Japão, disponibilizará equipamentos, treinamentos e tecnologia a partir do segundo semestre deste ano.

A unidade piloto atenderá tanto aos cursos técnicos quanto de graduação. Engenheiros, técnicos, alunos e professores do CEFET-MG receberão treinamentos no Centro Internacional de Treinamento. Segundo a instituição, “o objetivo geral é criar um programa de desenvolvimento de recursos humanos e um centro de educação no CEFET-MG, a fim de capacitar engenheiros e técnicos do Brasil para o desenvolvimento e gerenciamento de sistemas de reciclagem de veículos em fim de vida útil de forma ambientalmente correta e sustentável, colocando assim o CEFET-MG na vanguarda de atividades que envolvam inovação tecnológica e crescimento sustentável para o país.”

De acordo com publicação do diretor geral do CEFET-MG, Márcio Basílio, “por esse Termo, a tecnologia de ponta no mundo será inteiramente repassada ao CEFET-MG e permitirá, com o envolvimento de professores e alunos de várias áreas da Instituição, sua adaptação e adequação à realidade brasileira. Em um segundo momento, serão credenciados e treinados membros da sociedade civil interessados na implantação comercial, no país, da reciclagem veicular através do estabelecimento de centros para execução efetiva dessa técnica.”

As vantagens são inúmeras. A quantidade de carros fora de condições de uso é enorme, assim como a área que ocupam. Com a reciclagem, o material aproveitado poderá voltar ao processo produtivo, reduzindo a quantidade de matéria prima extraída do ambiente e reduzindo também a quantidade de resíduos descartada. A redução no consumo de energia será de até 56% na produção de aço a partir do retirado dos veículos quando comparado com a produção convencional e de mais de 90% na redução de energia do alumínio e do cobre.

Além disso, várias pesquisas poderão ser desenvolvidas no tema, como mestrados e doutorados. Apesar de ser um projeto piloto, a parceria já representa um grande avanço tecnológico não só do CEFET-MG, mas do Brasil inteiro.

Informações: CEFET-MG

Sem comentários

Onde existe o trânsito mais caótico do mundo?

congestionamento2

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O uso do transporte individual, como o carro, em detrimento do transporte coletivo, tem transformado as grandes cidades em verdadeiros centros do caos urbano. Segundo uma pesquisa feita pela entidade IBM Commuter Pain, hoje o trânsito mais caótico do mundo está na cidade de Pequim, na China.

A cidade ocupa o topo do ranking em razão de seus trajetos desorientados, da falta de respeito à sinalização e de sua frota de mais de três milhões de veículos. A capital chinesa apresenta engarrafamentos quilométricos. Hoje, Pequim tem cerca de 1,3 bilhões de habitantes.

Assim como Pequim, outras cidades do mundo também enfrentam problemas por causa do trânsito pesado. Conheça outros lugares com trânsito caótico:

1 – Pequim

2 – Nova York

3 – São Paulo

4 – Londres

5 – Madri

6 – Buenos Aires

7 – Milão

8 – Nova Deli

9 – Moscou

10 – Joanesburgo

11 – Cidade do México

12 – Tóquio

13 – Bancoc

14 – Jacarta

Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/onde-existe-o-transito-mais-caotico-do-mundo.html

Sem comentários

Palestra de conscientização do Maio Amarelo na Universidade Estácio de Sá em Teresópolis – RJ

Palestra Estácio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortos e feridos no trânsito de todo o mundo. É este o intuito do Movimento Maio Amarelo. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos para efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige.

Sem comentários