Arquivos para setembro de 2014

SIPAT Viação Dedo de Deus – Teresópolis – RJ

Palestra ministrada em 26 de Setembro na Viação Dedo de Deus sobre “acidente com culpa no trânsito”

A distinção entre culpa consciente e dolo eventual tem ocupado não apenas as pautas acadêmicas, mas também o noticiário nacional. Trágicos acidentes de trânsito decorrentes de graves violações das normas de cuidado, com vítimas fatais, trazem a discussão sobre a natureza dos delitos dos motoristas.

Sipat - Viação Dedo de Deus 26 08 14

Sem comentários

Palestra sobre Cidadania e Empreendedorismo Social na UNIFESO

Alunos do curso de graduação em Administração e Ciências Contábeis participarão de uma conferência sobre Cidadania Educação no Trânsito e Empreendedorismo Social.

O principal objetivo foi mostrar aos alunos que Empreendedorismo Social e um negócio que busca unir fins lucrativos e beneficio a sociedade, diferentes de ongs, utilizamos mecanismos de mercado com objetivos transformadores de melhorar a educação e principalmente a desigualdade social em nosso País.

ADM UNIFESO

 

 

 

Sem comentários

Bicicletas e o transporte de crianças

crianca-na-bike

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É bastante comum vermos crianças sendo transportadas em cadeirinhas instaladas em bicicletas, no bagageiro, e ainda sendo tracionadas em semirreboques. A dúvida que se apresenta é quanto à legalidade desse transporte, especialmente destinados a crianças de baixa estatura e pouca idade.  Em motocicletas é proibido o transporte de crianças com idade inferior a 7 (sete) anos em qualquer circunstância.  Quanto às bicicletas o parágrafo primeiro do Art. 244 do Código de Trânsito estabelece que é proibido o transporte de passageiro fora da garupa ou ‘assento especial a ele destinado’, bem como transportar crianças que não tenham, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança.

Nota-se que não foi estabelecida a idade da criança, e a avaliação de que ela tenha ou não condição de cuidar de sua própria segurança é totalmente subjetiva e não palpável, até porque o passageiro, criança ou não, assume uma condição passiva diante do condutor do veículo. Imagine uma regra semelhante aos passageiros de uma aeronave, totalmente reféns do comandante e do controlador de voo. Numa situação de emergência cuidar de sua própria segurança seria levantar o encosto do assento, deitar a cabeça sobre as pernas, e (recomendação nossa) prender a carteira de identidade com muita firmeza entre os dentes… Não há como avaliar se a criança tem ou não condição de cuidar de sua segurança, pois sua condição é passiva no transporte.

Quanto às cadeirinhas, podem ser interpretadas como assento especial a ele destinado, independente de estar à frente ou atrás do ciclista condutor, não podendo ser considerado ‘equipamento proibido’, visto que não há proibição expressa desse equipamento, e pelo princípio da reserva legal se não é proibido é permitido. Não há qualquer regulamentação sobre o dispositivo. O mais importante é que o responsável por essa criança, condutor da bicicleta, tenha consciência da imensa responsabilidade que recai sobre seus ombros e suas pernas, na escolha dos locais e de sua própria condição física e destreza na condução de bicicletas.

Sem comentários

80% dos acidentes acontecem por falta de atenção ao volante

Atencao ao volante

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Segundo levantamento elaborado pela Arteris, uma das principais companhias de concessões rodoviárias do país, 1 em cada 10 motoristas ainda trafegam sem o cinto de segurança. Entre os caminhoneiros, esse número sobre para 25%. Com o objetivo de conscientizar os motoristas, a companhia promove, durante todo mês de setembro e na Semana Nacional do Trânsito, uma série de eventos para informar motoristas e pedestres sobre boas práticas para evitar acidentes nas estradas. As ações fazem parte do Mês da Segurança Arteris e acontecem simultaneamente nas 21 rodovias administradas pelas nove concessionárias da Arteris.

Segundo o gerente corporativo de operações da Arteris, Elvis Granzotti, muitos acidentes poderiam ser evitados se os motoristas adotassem medidas simples de segurança. “De acordo com o histórico de ocorrências em nossas rodovias, 80% dos acidentes acontecem por falta de atenção dos usuários e 15% dos acidentes fatais são gerados por distrações na direção. Verificamos também que o uso do celular nas viagens é um dos principais responsáveis por situações de risco”, analisa.

Os números comprovam a necessidade de conscientizar os usuários das rodovias. Segundo os dados levantados pela Arteris, 48% dos motoristas já passaram por alguma situação de risco causada por uma distração e em 23% dos casos, o celular foi responsável pelo incidente. Estudo publicado pelo New England Journal of Medicine explica o risco que o uso do celular pode trazer. Segundo a publicação, discar um número no celular aumenta em 8 vezes o risco de acidente, enquanto procurar o telefone enquanto dirige aumenta em 7 vezes e mandar uma mensagem, 4 vezes.

Cinto de segurança

Outra medida simples e já conhecida pelos motoristas é o uso do cinto de segurança. “Infelizmente, muitas pessoas ainda ignoram a importância do cinto”, alerta Granzotti. Pesquisa realizada pela concessionária Vianorte (SP), aponta que 25% dos condutores de caminhão e 41% dos passageiros não utilizam cinto de segurança. Este é um dos motivos que levam a um outro dado preocupante: o número de vítimas fatais nas rodovias administradas pela Vianorte que não usavam o cinto de segurança em acidentes rodoviários, nos primeiros seis meses de 2014, já é 28% maior que em todo o ano de 2013. As estatísticas sobre lesões evidenciam esse dado: 30% dos ferimentos fatais em colisões são causados porque a vítima bate contra o volante, e uma em cada cinco acontece pelo choque de pessoas dentro do veículo que não utilizavam o cinto.

As campanhas da Arteris, que inclui a distribuição de folhetos nas praças de pedágio e abordagem a caminhoneiros, motociclistas e pedestres em pontos estratégicos das rodovias, também alertam para os perigos do excesso de velocidade e ingestão de álcool.

Mês da Segurança

Arteris Iniciativa da Arteris, uma das principais companhias de concessões rodoviárias do país, o Mês da Segurança Arteris promove, durante todo mês de setembro, uma série de eventos para conscientizar motoristas e pedestres sobre boas práticas para evitar acidentes nas estradas. As ações acontecerão simultaneamente nas concessionárias federais Autopista Fernão Dias, Autopista Régis Bittencourt, Autopista Fluminense, Autopista Litoral Sul e Autopista Planalto Sul, além das concessionárias Arteris com atuação no estado São Paulo – Autovias, Vianorte, Intervias e Centrovias.

A preocupação com a segurança norteia o trabalho da Arteris e de suas concessionárias. Como parte da Década de Ação pelo Trânsito Seguro, programa criado pela Organização das Nações Unidas (ONU) que visa a prevenção e redução de acidentes nas rodovias entre 2011 e 2020, a companhia criou em agosto de 2013 o GERAR – Grupo Estratégico para Redução de Acidentes, que tem o objetivo de reduzir em 50% a fatalidade nas rodovias sob sua administração. A ação acontece de forma coordenada à Semana Nacional de Trânsito, a ser realizada de 18 a 25 de setembro.

“Segurança faz parte do nossa DNA e entendemos que a parceria com o usuário é o melhor caminho para reduzirmos ainda mais os acidentes nas estradas”, afirma o presidente da Arteris, David Díaz. “Investimos bilhões em melhorias nas rodovias e em ações de educação para o trânsito, mas sabemos que, para o bem de todos, o motorista precisa fazer a sua parte para promover segurança”.

Fonte: http://portaldotransito.com.br/noticias/acontecendo-no-transito/80-dos-acidentes-acontecem-por-falta-de-atencao-ao-volante

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas é campeão da maior Feira de Tecnologia do Pais, Rio Info 2014.

Rio Info 2014 x Clubinho Salva Vidas

Pequenas lições como atravessar a rua na faixa de pedestre, não jogar lixo no chão e estar ao lado de um adulto para brincar na piscina pode ajudar a salvar milhares de vidas e transformar crianças em cidadãos mais conscientes e responsáveis. Pensando nisso, em Janeiro de 2014 foi lançado o CLUBINHO SALVA VIDAS, um portal gratuito de games com a finalidade de divertir e educar crianças a partir de 05 anos de idade sobre segurança em diversos aspectos do cotidiano. Os jogos carregam em si noções de segurança no trânsito, preservação da natureza, segurança em ambientes urbanos, cuidados em ambientes aquáticos, entre outros. Com o desenvolvimento desse projeto que promove e multiplica o saber, esperamos colaborar para que tenhamos futuros cidadãos muito mais conscientes, tanto de direitos, como de deveres.  No ano passado ficamos em primeiro lugar na etapa interior do Estado do Rio de Janeiro como projeto mais inovador através de uma competição desenvolvida pelo RioSoft para o salão da inovação nos dando passaporte para participar e competir a nível internacional em um dos maiores eventos de TI do Brasil, organizado pelo Rio Info 2013. Além disso, ficamos entre os nove melhores projetos do Brasil e entre os 15 melhores internacionalmente e nesse ano temos a honra de anunciar que o CLUBINHO SALVA VIDAS foi o grande vencedor da maior Feira de Tecnologia do País como Projeto mais Inovador do Salão da Inovação no Rio Info 2014, categoria Games.                                                          Rio Info 2014 x Clubinho Salva Vidas2

Estamos sempre buscando parceiros que acreditem em efeitos sociais transformadores e que de alguma forma possa ajudar a divulgar esse projeto. Temos trabalhado muito para que esse projeto possa chegar a todas as crianças e escolas do Brasil e quem sabe do mundo, mas para que isso aconteça, precisamos da ajuda de todos.

Juntos somos muito mais fortes!

Sem comentários

Semana Nacional de Trânsito 2014

“>

Sem comentários

Pesquisa aponta que 13% dos caminhoneiros usam rebites

Pesquisa mostra que, em média, motoristas ficam 20 horas longe de casa no mês e chegam a ficar 18 horas por dia no trânsito.

Rebites

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sorocaba – Pesquisa feita por uma concessionária de rodovias aponta que 13% dos motoristas de caminhão usam drogas à base de anfetaminas, conhecidas como rebites, para enfrentar longas jornadas de trabalho.

 Em média, os motoristas ficam 20 horas longe de casa no mês e chegam a ficar 18 horas por dia no trânsito.

 Um de cada quatro caminhoneiros não usa cinto de segurança – entre os passageiros do caminhão, 41% dispensam o equipamento. Já entre os motoristas de automóveis, o índice cai para 9%.

 A concessionária do grupo Arteris ouviu 2.358 motoristas de caminhão entre os dias 18 e 20 de agosto deste ano em rodovias paulistas administradas pela companhia.

 Durante as viagens, 76% deles dormem na cabine do próprio caminhão e apenas 7% usam hotéis. Entre os consultados, 24% já sofreram acidentes.

 De acordo com Luciano Louzane, coordenador do Grupo Estratégico para Redução de Acidentes Rodoviários (Gerar) da concessionária, a ideia da pesquisa surgiu após se observar aumento de 28% no número de vítimas fatais em acidentes no primeiro semestre deste ano, comparando com 2013.

 “Percebemos a relação entre mortes em acidentes e a falta de uso do cinto.”

 Também foram coletados dados sobre a saúde do caminhoneiro entre mais de três mil usuários do Viva Saúde, um projeto da Arteris para incentivar boas práticas entre os motoristas de caminhão.

 Levantamento feito entre janeiro de 2013 e agosto de 2014 mostra que 36% dos abordados estavam obesos e outros 40% tinham sobrepeso.

 Mais de 15% sofrem de hipertensão, 28% apresentam colesterol alto e 39% glicemia alta, fatores que elevam o risco de ataques cardíacos.

 O estudo mostrou ainda que 12% estão na faixa mais alta na Escala de Sonolência de Epworth, o que indica risco 70% maior de sofrer acidente nas estradas. O fato de estarem a maior parte do tempo nas estradas dificulta o acesso de caminhoneiros a consultas médicas.

 Procurado, o Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos do Estado de São Paulo (Sindcamsp) não se manifestou sobre os resultados da pesquisa.

Fonte: Revista Exame

Sem comentários

Mestres de capoeira e Projeto Salva Vidas se unem na luta para um trânsito mais seguro.

Moradores de Miguel Pereira – RJ e Mestres de capoeira se unem na luta para um trânsito mais seguro e o Projeto Salva Vidas No Trânsito fez sua parte levando conhecimento e conscientização para todos. Juntos somos muito mais fortes!

Mestres de capoeira

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas participará da maior feira de Tecnologia da America Latina

salao da inovacao 2014

O Salão Nacional de Inovação de 2014, em sua sexta edição, terá quatro trilhas: Aplicativos (APPs), Games e Soluções para Educação. Como nos anos anteriores, será utilizada a capilaridade do Sebrae, Softex e demais associações de TI para as etapas regionais, e os contatos internacionais da Riosoft para as etapas no exterior.

Cerca de 30 projetos nacionais nas trilhas são esperados, representando estados e países, que se apresentarão perante uma banca de especialistas, empresários, executivos e investidores. Na sessão final, as bancas indicarão os vencedores das trilhas para receberem o Prêmio Rio Info – Projeto Inovador 2014 em cada categoria.

Dinâmica da realização
Os projetos serão divididos em sessões. Em cada sessão, será escolhido, pela banca, um projeto para a finalíssima que acontecerá no dia 17 de setembro.

Critérios
Tanto nas etapas classificatórias regionais e internacionais, quanto nas sessões, durante o Salão da Inovação no Rio Info, serão adotados os seguintes critérios para avaliação dos Projetos:

Critérios Peso
Inovação 5
Experiência da equipe e perfil do empreendedor 4
Diferencial Competitivo 4
Apresentação e descrição da empresa 3
Plano de Negócios 3
Segmento de atuação e público alvo 3
Nível de Maturidade do projeto 3

Moderador/Provocador:
Edson Mackeenzy

Banca:
Alexandre Caseira
André Mizrahi
Arthur Protasio
Bill Love
Carlos Alves
Claudio Just
Flávio Horta
Fred Rego
Geomar Bastiani
João Kepler
Leonardo Gonçalves
Luiz Pimentel
Marcelo Gluz
Mariana Yazbeck
Martin Vartabedian
Nick Murray
Pablo Braga
Paulo Lima
Rui Lopes
Rui Trindade
Tom Nash

Projetos

Apps
ADDMEI – PI
Agentto – MG
Atletas Brasil – PB
BLUEYE – RN
Cadeia de Produção Colaborativa – RS
Colaborator+ – RJ
coteaqui – PE
De Olho na Cidade – PI
EasyFarma – RJ
Gerabyte Explorer – PI
Meu Pet – RJ
Mobility – RJ
Piggo – AL
Plataforma para Controle de Celular à Distancia – CallAny – ES
Reconhecimento Facial Móvel – RS
Rio ao Vivo – RJ
Tá Quente Tá Frio – PR
Talk Process – GO
trinks.com – RJ

Educação
Eu me Garanto – ES
Insuonline – PR
Internet wireless nas escolas municipais/arredores – PR
Mais Gestor – SP
MeuTutor – AL
Ouclass – SC
Scoola – MA
Silent Zone – PI
Sinapse nas Escolas – PB
Sistema Zeus – GO
TREE OF BOOKS – RN
UserAsk – PA
Yupi Play – PB

Games
As 7 chaves de Kairós – GO
Carnival Fantasy – RJ
Clubinho Salva Vidas – RJ
Coach System – AL
COCK FIGHTER – RN
Monster Party – MG
PhysioJoy – ES

Fonte: http://rioinfo.com.br/2014/salao-da-inovacao/

Sem comentários

Olha só o Perigo – Segurança no automóvel

“>

Sem comentários