Arquivos para março de 2014

Clubinho Salva Vidas – Educandário São Pedro

“Nós não devemos deixar que as incapacidades das pessoas nos impossibilitem de reconhecer as suas habilidades.”                    (Hallahan e Kauffman, 1994)
“Inclusão é sair das escolas dos diferentes e promover a escola das diferenças” (Mantoan)
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!

Educandario Sao Pedro

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas – Escola Espaço e Vidas

Educar para o trânsito não se limita apenas a ensinar regras de circulação, mas também deve contribuir para formar cidadãos responsáveis, autônomos e comprometidos com a preservação da vida. Diante do quadro de violência que vem se apresentando no trânsito e também em outras esferas sociais, torna-se necessário o envolvimento de toda a sociedade nessa tarefa de educar, na qual a família e a escola são a base formadora e não podem se eximir de tal responsabilidade.
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!
 Escola Espaco e Vidas

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas – Creche Escola Gente Miuda

Precisamos ensinar à próxima geração de crianças, a partir do primeiro dia, que eles são responsáveis por suas vidas. A maior dádiva da espécie humana, e também sua maior desgraça, é que nós temos livre arbítrio. Podemos fazer nossas escolhas baseadas no amor ou no medo.
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!

Clubinho Salva Vidas - Creche Escola Gente Miuda

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas – Centro Educacional Betesda

É chegada a hora da gente se ajudar;
Com fé e humildade, fazendo o mundo mudar;
Semear o amor, dentro do seu coração;
Afugentando a dor e a solidão;
Quando o amor tocar o seu coração;
A luz da vida vai brilhar para você iluminar…
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!

Clubinho Salva Vidas - Centro Educacional Betesda

Sem comentários

Detran/PR lança o maior programa de Educação já realizado no país

Detran/PR lança programa de educação

O Paraná começa o ano de 2014 dando um belo exemplo de que é possível levar educação para o trânsito para dentro das salas de aula. Foi lançado no estado o maior Programa de Educação para o Trânsito do Ensino Fundamental do país. O Programa atingirá inicialmente 134 municípios, com previsão de ampliar para 250 até 2015.

“É um projeto que visa a aplicação  da legislação de educação para o trânsito no estado do Paraná. O objetivo principal é formar nas crianças um comportamento de segurança de trânsito sendo ele pedestre, carona, ciclista e, futuramente, motorista. Procura-se com isso construir a cidadania das futuras gerações de paranaenses no que é relacionado ao ato de ir e vir, diminuindo os números de acidentes, feridos e óbitos”, afirma Leonardo Nápoli, que integra a Coordenadoria de Educação para o Trânsito do Detran/PR.

O Programa

O programa “Detran na escola” leva a educação para o trânsito aos alunos do 5º ano do Ensino Fundamental das escolas da rede pública (a meta é atender um total de 86 mil pessoas, entre professores, estudantes e pais de alunos). Os professores estão sendo preparados para atuarem dentro da sala de aula com o novo material, denominado Trânsito Fundamental, que contém vídeos e desenhos animados,  e livros para professores, pais e alunos.

Capacitação de professores

Ao todo 1.560 professores serão capacitados de forma presencial pelo DETRAN-PR, em parceria com a Tecnodata Educacional, fornecedora do material didático, no primeiro trimestre de 2014 em 20 cidades sede do Programa.

De acordo com o Nápoli, será entregue um livro para o aluno, um para o pai e o livro do professor. Para o professor, também será fornecida, além da capacitação, flipchart com ilustrações temáticas e DVDs com vídeos interativos.

Dando suporte ao projeto, será disponibilizado um portal na internet para alunos e professores, permitindo ampliar a interatividade e troca de experiências entre alunos, professores, escolas e municípios. O Programa, segundo o Detran/PR, abrange toda família. “Indiretamente serão 34.669 famílias atingidas, pois todos os alunos receberão o Livro dos Pais e poderão acessar o Portal do Trânsito Fundamental na escola e em casa”, explica Nápoli.

Material didático

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, é obrigatória a inserção da educação de trânsito dentro da sala de aula, desde a Educação Infantil até o Ensino Superior.

Para facilitar esta inclusão, a editora Tecnodata Educacional criou o “Trânsito Fundamental”, material didático utilizado pelo Detran/PR no Programa “Detran na Escola”  destinado ao alunos de Ensino Fundamental. “As crianças desta faixa etária estão em perigo, especialmente por não perceberem os riscos do trânsito. Precisamos alertá-las, conscientizá-las e prepará-las para um comportamento autônomo mais seguro, o que se consegue despertando a percepção de riscos. Assim, tanto hoje como no futuro, a sociedade passa a contar com uma poderosa mobilização para um trânsito mais humano e seguro”, avalia Celso Alves Mariano, especialista em trânsito e diretor da Tecnodata Educacional, que participa pessoalmente da capacitação e professores.

O kit de materiais didáticos é composto por três DVD´s, contendo 20 situações interativas em filmes e desenhos animados, e um vídeo de ambientação para o professor, seis jogos para uso em sala de aula e oito cartazes temáticos, montados em flipchart. Além disso, contém um livro para cada professor do 5º ano e livros para cada aluno e seus pais.

Segundo Mariano, o material é de fácil manuseio e utiliza ferramentas que todas as escolas dispõem. “Computadores e aparelhos de DVD são instrumentos que todas as escolas possuem, por este motivo, utilizamos as diversas mídias para facilitar o trabalho do professore e otimizar o aprendizado dos alunos”.

“Os vídeos são muito atrativos para as crianças e provocam um debate interativo a partir de situações comuns do trânsito como travessia de rua, utilização correta de calçadas, cidadania, sinalização, comportamento defensivo, entre outras. Tudo numa linguagem simples e objetiva que contém uma sofisticada metodologia, capaz de levar o aluno a se identificar com os problemas já vivenciados ou que ela ainda irá vivenciar no trânsito, permitindo que ele perceba os riscos e ajuste seu comportamento, contribuindo efetivamente para sua própria segurança. Estas crianças passam a ver o mundo com uma perspectiva cidadã diferenciada, alinhada com o que se espera de todos os usuários do trânsito. A partir daí, colhemos o benefício da forte influência que os filhos exercem sobre as pessoas com quem convivem, especialmente seus pais. Há um efeito colateral maravilhoso neste processo: a criança que percebe o trânsito sob a perspectiva cidadã, também torna-se melhor como filho, aluno, amigo e em qualquer outra circunstância da vida”, afirma Mariano.

Para Elaine Sizilo, pedagoga supervisora do “Trânsito Fundamental”, o método respeita e explora as diferenças locais e regionais, é de fácil aplicação e garante o total envolvimento e participação dos alunos. “A Tecnodata estudou profundamente os programas de Educação para o Trânsito desenvolvidos no Brasil nos últimos 30 anos. Tanto as iniciativas bem sucedidas como as que não deram certo, foram de grande valia para que pudéssemos chegar a um método inovador e instigante, cuja base educacional tem raízes em fundamentos pedagógicas universais, e a essência é fazer a criança refletir e chegar às suas próprias conclusões, através de debates e dinâmicas dirigidas”, explica.

Eliane Pietsak, que também é instrutora dos Cursos de Capacitação, destaca a surpreendente receptividade dos professores durante os Cursos de Capacitação. “Há poucos anos, quando eu perguntava para os professores quem já tinha levado o tema para a sala de aula, ou considerava importante fazê-lo, poucos levantavam a mão ou tinham histórias para contar. Estamos numa época muito favorável para este tipo de ação, pois hoje essa situação se inverteu, as escolas querem e sabem que precisam trabalhar o tema, e o Detran do Paraná soube identificar isso e cumprir com um importantíssimo papel, viabilizando o acesso a metodologia e materiais didáticos adequados”, conclui Pietsak.

Fonte: http://portaldotransito.com.br/noticias/reportagens-especiais/detranpr-lanca-o-maior-programa-de-educacao-ja-realizado-no-pais

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas – Centro de Ensino Moderno (CEM)

“Sem sonhos, a vida não tem brilho.
Sem metas, os sonhos não têm alicerces.
Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais.
Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos.
Melhor é errar por tentar do que errar por omitir!”
(Augusto Cury)
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!

Clubinho Salva Vidas - Centro de Ensino Moderno

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas – Escola Bom Pastor

Há homens que lutam por um dia e são bons; há outros que lutam por um ano e são melhores; há outros, ainda que lutam por muitos anos e são muito bons; há, porém, os que lutam por toda a vida, estes são os imprescindíveis.

“Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos”. (E. Galeano)

Clubinho Salva Vidas - Escola Bom Pastor

Sem comentários

Falta de pagamento do DPVAT impede motoristas de receberem indenização

Pagamento do Seguro DPVAT

Os motoristas que ainda não pagaram o Seguro Obrigatório para indenizar vítimas de acidentes de trânsito (DPVAT), podem quitar sua dívida a qualquer momento. Porém, os condutores de veículos devem ficar atentos, pois quem não realizou o pagamento está sem cobertura em caso de acidente, como também o veículo impedido de obter o licenciamento anual.

O processo para o pagamento do seguro pode ser feito no Banco do Brasil ou SICREDI, onde a cobrança ocorre juntamente com a taxa de licenciamento.
O valor a ser pago continua o mesmo após o vencimento, não há incidência de juros. Quem ainda não pagou o DPVAT deve fazê-lo o quanto antes, a fim de evitar problemas no licenciamento do veículo. “Sem o Seguro DPVAT quitado, não é possível obter o licenciamento de 2014”, explica o especialista em trânsito Celso Alves Mariano.

Caso o proprietário deseje pagar somente o Seguro DPVAT, deve acessar a página www.dpvatsegurodotransito.com.br/pagamento e selecionar o estado onde o veículo está registrado e seguir as instruções para retirar a guia de arrecadação, que deve ser paga somente em bancos conveniados.
Não há previsão legal para isentar do pagamento do Seguro DPVAT, qualquer veículo automotor de via terrestre. A quitação da dívida deve ser feito até o licenciamento.

Divida com o IPVA
Para aqueles que não pagaram o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) até o vencimento, devem procurar quitar o débito o quanto antes.

Existe uma multa no valor de 0,33% do valor do imposto devido por dia de atraso. A opção do contribuinte em parcelar nessa etapa é por pagar a primeira parcela com multa e quitar o pagamento da segunda e terceira parcelas em dia.

Fonte: http://portaldotransito.com.br/noticias/acontecendo-no-transito/falta-de-pagamento-do-dpvat-impede-motoristas-de-receberem-indenizacao

Sem comentários

Novas regras para carros rebaixados

Novas regras para carros rebaixados

Nova resolução permite modificações na suspensão de carros que pesem até 3.500 kg

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (26) no Diário Oficial uma nova resolução que libera modificações em suspensões de veículos. Sendo assim, agora é permitido rebaixar ou levantar a suspensão de um carro, desde que a alteração conste no documento do mesmo.Segundo a nova regra, o uso de suspensões reguláveis é liberado para veículos que pesem até 3.500 kg e a altura mínima deve ficar em 100 mm, medida do solo ao ponto mais baixo do chassi. Outra exigência é que as rodas e pneus não toquem nenhuma parte da carroceria.

Caminhões com a traseira empinada também estão liberados, desde que sejam regularizados de acordo com a nova resolução. A nova regra determina que o nivelamento da longarina do chassi não pode ultrapassar dois graus em uma linha horizontal, limite que o Contran considera seguro.

Fonte: http://portaldotransito.com.br/noticias/acontecendo-no-transito/novas-regras-para-carros-rebaixados

Sem comentários

Clubinho Salva Vidas e o agente do bem “EDU” visitam o Centro Educacional Mulher de Pedra

“Ser educador é ser um poeta do amor. Educar é acreditar na vida e ter esperança no futuro. Educar é semear com sabedoria e colher com paciência.” (Augusto Cury)
www.clubinhosalvavidas.com.br, um novo conceito de educação!

Clubinho Salva Vidas e o agente do bem "EDU" visitam o Centro Educacional Mulher de Pedra

 

Sem comentários